Justiça Determina Carro Feminino no BRT Rio

A justiça do Rio determinou que o BRT Rio deverá separar carros exclusivos para mulheres. A lei foi aprovada no ano passado na câmara mas havia sido vetada pela prefeitura.

O consórcio BRT chegou a entrar com recursos na justiça alegando ‘não ter condições de separar mulheres nos articulados em horário de pico. Mal é possível controlar o acesso de pessoas, ainda mais em distinção de gêneros.’

 

Anelise defende educar os homens

 

O espaço reservado para as mulheres seria na parte de trás do ônibus, das 06 às 10h. e das 17 às 21h.

A justiça decidiu em segunda instãncia que a lei deve ser colocada em prática. O desenbargador Murilo Kieling afirmou não ter motivos para que a lei não seja aplicada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *