Morre Bebê Que Nasceu Após A Mãe Ser Baleada Durante Arrastão Na Baixada

Morreu, na noite desta quarta-feira, o recém-nascido que nasceu após a mãe, Verônica Sabrina Sousa Silva, ser baleada durante um arrastão em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, no último domingo. O menino estava internado no Hospital estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, também em Duque de Caxias. Ainda não há informações sobre o sepultamento do bebê.

Verônica, de 27 anos, e o marido, o agente penitenciário aposentado José Carlos da Rocha, de 68, foram vítimas de bandidos na Avenida Pelotas, em Sarapuí. José teria reagido à abordagem dos criminosos, levou pelo menos cinco tiros e morreu no local. Já Verônica — grávida de seis meses — foi atingida na cabeça e chegou a ser socorrida no Adão Pereira Nunes. Ela passou por uma cesariana de emergência, mas também não resistiu.

O bebê era o primeiro filho de Verônica e se chamaria Davi. No momento do crime, ela estava voltando da casa da mãe, que mora no bairro Parque Duque, e seguia para casa, em Campos Elíseos. Verônica e José Carlos estavam casados havia três anos.

Uma terceira vítima foi baleada na mão durante o arrastão. Claudia Barreto Rezende, de 44 anos, contou que foram cerca de quatro minutos de tiroteio. Ela estava no ponto de ônibus e aguardava um coletivo para voltar para casa, na Vila São Luís, quando os bandidos chegaram e começaram a roubar os motoristas. Ela também foi socorrida para o Hospital Adão Pereira Nunes e liberada em seguida.

Um comentário em “Morre Bebê Que Nasceu Após A Mãe Ser Baleada Durante Arrastão Na Baixada

  • 3 de janeiro de 2019 em 14:12
    Permalink

    Excelente palavras. Bem colocadas e fáceis de entender, parabéns e que continue assim sempre.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *